10 Coisas Que Você Precisa Saber Antes De Morrer


Boa noite, leitores do meu Brasil!

Tá, eu sei que essa saudação foi totalmente fail, mas tudo bem, vocês me entendem e sabem que de vez em quando eu tenho esses ataques. Bom, hoje foi meu último dia no curso. Até que foi legal, mas é chato pensar que não vou ver mais a maioria daquelas pessoas. Fiz amizade com poucas delas, mas mesmo assim é chato. O melhor foi a volta pra casa, nos divertimos tanto que eu até chorei de rir.

Hoje eu fiquei pensando no que postar, eu não queria ficar fazendo nada de goodies e também não estou afim de fazer um tutorial. Daí eu lembrei que tinha feito uma notinha de post nos rascunhos do meu celular (isso foi numa hora de inspiração, por isso eu anotei no celular, era a única coisa por perto), eu fui ver a tal notinha e resolvi fazer o post. É sobre 10 coisas que vocês precisam saber antes de morrer.



- Você não pode se matar prendendo a respiração.
- Se você espirra muito forte, você pode quebrar uma costela. Se você tentar segurar um espirro, você pode romper uma veia na cabeça ou no pescoço.
- Mais da metade dos usuários do Orkut é/era brasileira.
- Os olhos de um hamster podem cair se você pendurá-lo de cabeça pra baixo.
- A American Airlines fez uma economia de $40,000 em 1987 eliminando uma azeitona de cada salada servida na primeira classe.
- A cadeira elétrica foi inventada por um dentista.
- As minhocas podem ter até 9 corações.
- A Coca-Cola seria verde se não fossem adicionados corantes.
- Se você comer muita cenoura é possível que sua pele fique laranja.
- É possível morrer de rir.


4 comentários:

  1. Nossa, eu não sabia da maioria dessas coisas! Só sabia da segunda.

    http://lagrimas-de-diamante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Eu não sabia de nada, só descobri quando fui pesquisar pra fazer o post.

      Excluir
  2. Meu deus o3o vou tomar cuidado com a última ç.ç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tenho que tomar cuidado com esta '3'

      Excluir

Fique à vontade para comentar.
Peço apenas que não xinguem ou ofendam aos outros leitores.
Obrigada.